ATADA A ELE - CAPITULO 22

Atada a Ele

ATADA A ELE - IZABELLA MANCINI. 

Classificação: +18
Categorias: Saga Crepúsculo - Bellard 
Personagens: Bella Swan, Edward Cullen
Gêneros: Amizade, Comédia, Drama, Hentai, Romance
Avisos: Estupro, Sexo

Capitulo 22 - Revelação. 

Alice: você está legal? – o sol já ia cair no horizonte, e Edward não tinha voltado. Onde ele deveria estar? – Bella...

Bella: oi? – eu vi Alice ali ao meu lado, toda molhada pela água do mar.

Alice: vai entrar na água? Vamos... A galera tá toda lá! – Alice apontou na direção do mar, onde Jasper, Rose, Emmett, Mike e ela em breve, estavam zoando um com o outro. Todos absurdamente felizes... Exceto eu.

Bella: Ô amiga, eu estou me sentindo um pouco... Cansada. – Sempre cansada, nunca mal – daqui a pouco eu vou tomar um banho.

Alice: quer que eu vá com você? – Seria injustiça eu fazer à coitada deixar a galera pra trás, e ir comigo tomar banho. Eu podia esperar mais.

Bella: sim, mas não vou agora... Quando eu estiver pronta te aviso! Pode ir lá... – acenei com a cabeça pro mar, e ela sorriu pra mim.

Alice: Ok então... Se mudar de idéia... – ela me deu as costas sorrindo, e voltou pro mar toda contente. Eu os observei. Estavam todos muito felizes juntos... Com as pessoas que amam. Nossa! Como Deus tinha sido bom comigo!

Tinha me dado uma nova chance. Eu tinha amigos, pessoas que se preocupavam comigo... Eu tinha Edward. Mas até quando? Ele não estava ali naquele momento, e eu merecia isso. Eu tinha ignorado totalmente a presença dele na sala, o deixando sair pela porta sem perguntar o que estava acontecendo. Que tipo de garota eu era? Uma mal agradecida? Senti um leve chute dentro de mim, e olhei na direção do meu ventre. Erick também estava bravo comigo! Era só o que me faltava...

A areia daquela praia era muito branquinha, assim como a água do mar era límpida. Eu estava sentadinha na areia com as pernas esticadas apenas por não conseguir abraçar os meus joelhos... O sol estava laranja, quase fraco pelas quatro e meia da tarde. Havia pipas coloridas em todo o céu pelas crianças que as soltavam... Havia gente curtindo a água, e os como eu, sozinhos na areia.

Meu cabelo cai nos ombros em cachos pela água salgada. Minha pele estava um pouquinho mais escura e com um aspecto avermelhado... Havia a marca do biquíni levemente em meu ombro, e um short amarelo um pouco apertado no meu quadril. Talvez eu não quisesse esperar mais pra tomar banho.

Levantei-me de mansinho pra Alice não me notar saindo, e fui à direção de casa. Aos poucos eu deixava todo mundo pra trás, e assim que terminei de subir as escadas da varanda, vi Edward estacionar o carro na vaga ao lado de casa, e pular dele totalmente irado. Hesitei.

Ele não vinha pra casa, mais ia na direção da praia. Não para onde estavam nossos amigos, e sim para longe deles, o mais longe possível, na direção oposta. Sem pensar eu desci as escadas e atravessei o carro indo atrás dele.

Bella: Ed? – chamei e ele olhou por cima do ombro rapidamente. Vendo que era eu, voltou a caminhar rápido, me ignorando. Eu suspirei, e aumentei o passo. Ele andava mais e mais, até alcançar a beira do mar. Não me dei conta, mais a casa e nossos amigos tinham ficado pra trás, bem pra trás. – Por favor, para... – supliquei, e o vi entrar na água molhando os pés cobertos pelo tênis – Edward...

Edward: Bella? – se virou na minha direção, devolvendo na mesma moeda. Eu suspirei nervosa.

Bella: onde você foi? – eu não sabia se deveria ter dito isso, mais eu disse. – fiquei preocupada. – minha expressão se tornou meio dolorosa.

Edward: ah, me desculpe – disse ainda sério, vendo a água do mar bater em seus pés. Ela quase batia nos meus também – não avisei porque você estava muito entretida com o seu amiguinho Mike, então não pensei que ia se importar – eu ia falar algo, que nem eu mesma sei o que é quando ele voltou a falar – mas sabe, acho bom que tenha amigos, afinal, é disso que você precisa, não é? Distração - Os olhos dele estavam na direção do mar, fixos – sabe que vendo o mar assim me dá vontade de entrar dentro dele e nunca mais voltar. Sumir, nunca mais voltar pra terra, deixando tudo pra trás. Tenho certeza que ninguém vai se importar se isso acontecer... Porque pra falar a verdade, além dos meus pais, eu não sou nada pra ninguémmais.

 Bella: o que é que está acontecendo com você? – não consegui falar mais nada.

Edward: eu também gostaria de entender – respondeu calmamente – eu queria entender porque você é tão importante pra mim, eu queria entende o que se passou na minha vida depois que você entrou nela, porque eu já não sei mais nada, eu já não sei quem sou eu e onde eu estou com a cabeça pra me deixar levar... Por um sentimento.

Bella: você está louco?

Edward: é, Bella... Talvez eu esteja mesmo louco – Omg, ele chegou perto de mim – eu estou louco por pensar em você cada instante do meu dia, por te desejar de um jeito que me deixa louco... – as mãos dele agarraram as minhas – eu entendo que talvez você não se sinta assim, mais é isso o que eu sinto, e você não tem idéia... – ele fechou os olhos – do quanto dói admitir que eu... Que eu seja... Apaixonado por você. Não te quero como deveria... Pra mim você é a mulher mais perfeita do mundo, a pessoa que eu quero sempre ao meu lado, protegendo-te de cada coisa que queria te afetar. O meu corpo tem vontade do seu como jamais teve de ninguém e o seu teu coração não estiver ao lado do meu, ele bate cada vez mais fraco. Eu to querendo dizer que você é como... O molho do meu macarrão – e sorriu de lado.

O meu coração batia tão rápido, o meu respirar era tão intenso. Erick me espancava dentro do meu corpo. Meus olhos estavam presos nele. Eu não podia acreditar no que ele me dizia...

Edward: eu já sinto isso por você há muito tempo, mais sou muito covarde e só agora tive coragem de admitir isso pra você... E principalmente pra mim – ele apertou os olhos, e suas mãos largaram as minhas – mas isso não pode ser.

Bella: mesmo que eu...

Edward: não pode ser. – reafirmou – você pode me adorar, Bella... Mas não confia em mim. Não confia em mim pra me dizer tudo sobre você. Pra me contar como engravidou de verdade, como foi isso de estupro... Pra me contar quem é o pai do seu filho, e tudo o que sente. Você não confia em mim como eu em você. Eu te disse o meu maior segredo.

Bella: tá sendo injusto... – eu ia terminar...

Edward: que seja! – suspirei – eu já sei que eu te... Que eu sinto muitas coisas por você, mas que isso não vai poder ser enquanto você não confiar em mim.

Bella: você quer saber de tudo agora? – meu Deus, eu sentia os meus olhos trasbordando por lágrimas. Um estado de desespero continuo se apoderou de mim na hora em que eu o vi fraquejando – eu confio em você, mais do que em qualquer pessoa nesse mundo.

Edward: não chora! - Foi como uma bronca. Não fui capaz de parar de chorar – Bella não chora! – ele chegou perto, e tocou meu rosto com uma das mãos – para!

Bella: por quê? Você tá me fazendo sofrer me dizendo isso... – solucei, tentando tirar a mão dele da minha pele, em vão.

Edward: sofrer? – riu, ainda tentando me acalmar – garota, eu to dizendo que te amo... – continuei chorando, mais olhei nos olhos dele – que te amo mais do que tudo nesse mundo. Que a vida sem você pra mim não existe! Eu te faço sofrer com isso...?

Bella: Ed... Você sabe que eu também t... – ele me parou, com os dedos na minha boca.

Edward: é pra pensar, Bella. – disse calmo – é pra pensar e processar sobre isso. Não quero que se sinta na obrigação de ser... Minha por causa do nosso filho.

OMG, o que ele estava dizendo?

Bella: mas eu sei que...

Edward: depois agente conversa... Depois que você pensar, e estiver calma, pode ser? – eu assenti. Ele tinha razão. Nós precisamos pensar sobre isso.

Eu dei as coisas pra ele, e sai caminhando na direção da casa. Todos já estavam lá dentro se trocando, pois a noite já chegara. O céu estava azul e cheio de estrelinhas muito brilhantes. Subi as escadas e fui direto pro quarto. Alice estava lá, se arrumando. Usava um vestido de noite super curto e brilhante. Estava mesmo linda!

Alice: ONDE É QUE SE TÁVA? – berrou, ao me ver. Caminhei e me joguei na cama depois de fechar a porta – Bella me responde! Meu deus, você está muito branca! – Alice veio pro meu lado, e deu um tapinha no meu rosto – BELLA?

Bella: Alice... – murmurei ainda meio chorosa – o seu irmão me ama... – olhei pra ela, que franziu a testa.

Alice: O que? – perguntou se afastando um pouco pra me ver melhor – claro que ele te ama.

Bella: não, ele me ama como... Como mulher. – suspirei – o Edward me disse que me ama como mulher... Que ele me deseja – me sentei na cama, e Alice arregalou os olhos.

Alice: QUEEEEEEEEEE? O EDWARD TE DISSO ISSO? ELE TE DISSE QUE TE... TE AMA? – ela parecia desacreditada. Eu me senti chamada de mentirosa na cara dura!

Bella: aham... Agente tava na praia... E ele disse que me ama. Duas vezes! E que sem mim... – apertei os olhos – a vida não existe pra ele. – GEEEENTE, ELE ME AMAAA!

Alice: Para tudo que tá nevando no inferno! Como assim ele disse que te ama? Ai meu Deus, o meu irmão foi possuído por um espírito maligno! – ela gritou – não espera... Acho que é um espírito de luz no corpo de um idiota, só pode ser! Ou quem sabe alienígenas invadiram o corpo dele... – ela parecia amedrontada – não, acho que é micro robôs que entraram no cérebro dele, quinem naquele episódio Bob Esponja que o plâncton entra na cabeça do Bob Esponja e... Espera, o Ed não tem buracos na cabeça quinem o Bob Esponja. Ou tem? – ela me olhou de lado, e sorriu toda feliz – AAAAAAAAH, O EDWARD TE AMA, LÁLÁLÁLÁ, ELE TE AMA, EU SABIA, LÁLÁLÁ! O plano deu certo! E eu que pensei que ia dar tudo errado...

Ela começou a pular na minha frente, e me puxou junto. Eu parei, e olhei pra ela com medo.

Bella: Alice, você tá bem? – ela ainda comemorava quando eu fiquei de pé, meio apavorada – OMG, o que eu vou fazer?

Alice: Bella, calma... – Alice chegou perto de mim, segurando nos meus ombros pra me acalmar – escuta, me conta direitinho o que aconteceu – me senti tremer.

Bella: Bem, ele chegou e eu fui atrás dele... Nos fomos até a beira da praia e ele começou a falar umas coisas... – choraminguei – Ai ele disse que gostava de mim, e tudo... Aconteceu muito rápido, e sinceramente, eu só entendi ele dizer que me amava. Desculpa, mas eu me perco nos olhos dele quando estamos tão perto – sorri meio boba, e ela gargalhou – e foi isso... Ele disse que era pra eu esperar pra conversarmos mais tarde – suspirei, depois de falar tudo muito rápido.

Alice: AAAAAAAAH, mais tarde? Ora perfeito! – ela me largou, e começou a caminhar dum lado pro outro, confabulando.

Bella: você tem um plano? – na verdade, ela era a minha esperança de fazer as coisas darem certo.

Alice: obvio! Escuta bem... – Alice me olhou seria – Rose, Emmett, Mike, Jasper e eu estamos nos arrumando pra sair – ela gesticulou mostrando-me o vestido lindo que usava – vamos jantar fora, e em nossos planos você e Edward também iriam. Bom, o Ed já tá avisado, mais você pode fingir que esta com dor de cabeça, sei lá... Tontura, e ficar em casa! – deu pulinhos – vocês ficam em casa... Sozinhos. Bom, vou dar um jeito de arrastar o povão pra uma baladona ai da vida, um puts, puts! – ela começou a dançar – E vocês ficam, e conversam! Juro pra você – Alice se ajoelhou no chão, abraçando os meus joelhos – que agente só chega depois das nove da manhã, Ok? – sorriu – por isso menina, conversa e aproveita esse mar todo com o meu irmão, e se ajeita com ele. De preferência quando eu voltar quero que já estejam juntos!

Bella: ta bom, ta bom, ta bom Alice! – repeti nervosa – OMG, então vai logo! Vou tomar banho enquanto você arruma o rolo todo lá, Ok?

Alice: isso fica linda, deslumbrante! – ela ficou de pé, ajeitando a roupa – tipo, muito absoluta, gostosona! O Ed gosta quando você fica toda simplesinha. Ele deve ter fetiche por isso...  – suas mãos puxavam a saia do vestido – pensando bem, vai tomar banho, eu arrumo a roupa que tu vai vestir, e vou jogar o migué no Edward, beleza?

Bella: Meu Deus, o que é migué? – eu já tinha arrancado toda a minha roupa, e ia entrando no banheiro.

Alice: é coisa de mano... Não liga – ela riu. Liguei o chuveiro, e comecei a tomar banho. OMG, eu me tremia toda embaixo da água quente. Alice apareceu minutos depois na porta do banheiro, e me mandou um beijo – tchau amore, vou falar com o Ed agora. Boa sorte!

Bella: Obrigado Alice... – suspirei – eu vou precisar! – ela saiu sorrindo, e voltei a tomar banho.

No que será que isso iria dar?


Aaaaaah ele disse que a AMA!!!!!!!PARA TUDO!!!

2 comments :

  1. Eles vão ficar juntos, tenho certeza

    ReplyDelete
  2. também concordo Carlina!!!! to amando essa Fanfic!!!

    ReplyDelete