YOUNG ADULT HOLLYWOD: REVIEW DE CAMP X-RAY.


Cole ( Kristen Stewart) se juntou às forças armadas, porque ela queria escapar de sua vida monótona em uma cidade pequena pensando em "fazer alguma coisa onde possa ajudar ", após os acontecimentos do 11 de setembro de 2001. No entanto , o seu primeiro serviço será na prisão de Guantánamo onde passará a proteger "prisioneiros" logo a fazendo duvidar das crenças pessoais e morais .

Os motivos políticos subjacentes aparecem, mas o foco principal do filme é destinado a interação entre Cole e Ali ( Peyman Moaadi ), um dos detidos. Eles verbalmente testam ao outro em muitas questões, mas, eventualmente, constroem um relação de amizade que irá mudar suas vidas.

Alguns críticos se queixaram do ritmo lento em algumas partes do filme, mas eu sou um veterano e eu acho que seria necesária uma abordagem meticulosa para retratar a imagem da vida militar. Também fiquei impressionado com a atenção de Kristen aos pequenos detalhes, como a saudação com a mão direita.
Este filme é sobre encontrar compaixão e humanidade no meio de uma situação extremamente desafiadora. Kristen e Peyman mostram um desempenho extremamente forte e emocional, e eu não conseguia parar de pensar em seus personagens muito tempo depois que eu deixei a sala do cinema.

Trevor Groth, diretor de programação do festival "Sundance", realizou um evento de "Perguntas e Respostas" com o diretor Peter Sattler depois da exibição, e aqui estão alguns destaques. 

Como você chegou ao nome do filme "Camp X-Ray" ?

Peter: Quando realizamos a pesquisa para o filme, descobrimos que , inicialmente, na criação de Guantánamo haviam apenas dois campos. Um deles foi chamado Camp Iguana, e o outro Camp X- Ray. Eu escolhi Camp X-Ray , porque o nome parecia apropriado para o filme, já que queríamos expor ou mostrar como era a vida em Guantánamo.

Conte-nos sobre algumas cenas finais entre Kristen e Peyman .

Peter: Fiquei impressionado com a emoção e performances enérgicas de Kristen e Peyman ... até mesmo a nossa equipe estava em lágrimas durante as filmagens das cenas finais. Quando não estávamos filmando, todo mundo os deixava sozinhos , para que pudessem manter essas emoções profundas para o próxima cena.

Uma mulher que estava presente no Q&A nos disse que ela era um guarda de segurança em Bagdá e estava surpresa com o quão bem o filme retratou sua experiência. Em lágrimas ela agradeceu a Peter pelo que ele fez, tornando o filme mais realista . Peter estava muito emocionado com os comentários dela e disse que ela significava para ele muito mais do que o reconhecimento de qualquer crítica .

Eu posso definitivamente adicionar este filme para minha lista de filmes favoritos com Kristen , e agora eu também sou um fã Peyman Moaadi . " Camp X-Ray "  instigante e persuasivo em muitos níveis ... tudo a ver !

No comments :

Post a Comment