Monday, May 26, 2014

NOVA ENTREVISTA DE ROBERT PATTINSON PARA A MY TF1 NEWS - COM TRADUÇÃO.


  



Tradução


Repórter: Olá , Robert.

Rob: Olá .

Reporter: Você está aqui no festival de Cannes com dois filmes - The Rover e Maps To The Stars , e em The Rover você interpreta este garoto ingênuo. O que te atraiu neste personagem?

Rob:O roteiro era tão diferente de tudo que eu fiz antes. Eu não sei , havia algo completamente mágico sobre o papel . Eu não poderia explicar, mas algo realmente ressoou em mim desde o início .

Repórter: Será que você, lutou para conseguir esse papel, porque ele é tão diferente de Crepúsculo e nós temos essa imagem de você?

Rob: Sim, eu fiz audição duas vezes para isso e eu odeio audições é tão, tão, mau. É algo que eu sou muito ruim, mas foi diferente desta vez , eu realmente queria esse papel.  Mas isso é tão estranho, eu tentei interpretar esse papel e a audição foi na casa de David Michôd , em Los Angeles. Eu estava sentado em sua sala de estar e eu não sabia se o que eu estava fazendo era bom para ele ou não. Mas, sim , eu lutei muito para conseguir esse papel .

Você sente como se hoje você ainda tivesse que lutar, para mostrar a todos que você não é esse cara de Twilight, que  você pode interpretar algo mais? 

Sim, mas eu acho que cada ator tem que passar por isso, assim  eles não têm  que interpretar o mesmo papel toda vez. Eu meio que gosto disso,mas por vezes, é tão desproporcional, com pessoas deficientes como você falham, mas eu gosto, isso me dá a energia para seguir em frente, como um furor.


É mais fácil obter acesso ao papel ou você ter que lutar por ele? 

Sim, quero dizer, todos os papeis, cada diferente papel, você tem que fazer audição para ele. Quero dizer, o que entre estes dois filmes é diferente e Twilight você pode financiar simplesmente com o meu nome. Quero dizer, será que realmente ajudou, mas você ainda tem que fazer uma audição para tudo. 

Qual foi a coisa mais difícil neste papel? Não sabemos nada sobre o seu personagem, a primeira vez que o vemos, ele está machucado e não sabe para onde ir, então ele vai ficar com esse outro cara. O que foi  mais desafiador? 

Eu acho que, provavelmente, a primeira cena, aquela onde eles se encontram pela primeira vez. Eu acho que foi a primeira cena que eu filmei também. Este personagem é uma espécie de louco e ter que interpretá-lo em uma cena tão tensa, onde ele poderia morrer, foi muito difícil. Porque ele é muito estúpido e você não sabe o quanto você pode impulsioná-lo. Foi bastante difícil, mas foi um papel muito divertido, porque eu poderia apenas me deixar levar por ele.

--------------
Você também está em Cosmo - não, em Maps To The Stars com David Cronenberg depois de ter interpretado em Cosmopolis. Como você descreveria a sua relação de trabalho com ele? 

Eu não sei, ele é muito divertido. Eu gosto de sair com ele. Mas sim, eu disse sim para Maps To The Stars, antes de ver o script, eu quero estar em todos os filmes dele. Ele fala coisas realmente interessantes, a atmosfera em seus sets é sempre tão relaxante, tudo parece simples e divertido. Seus filmes são muito legais. 

Você interpreta um esforçado ator que tenta uma forma de subir, enquanto dirige limusines. Isso não é um pouco irônico, te dar esse papel? 

Sim, talvez. Quero dizer, o que é engraçado é que em Maps To The Stars, eu sou o único que é normal. Todo o resto é totalmente louco. Eu gosto de interpretar um ator de merda. É meio divertido. 

Você vê Hollywood, como no filme? Como esse universo sem piedade, medíocre e divertido ao mesmo tempo, já que você está familiarizado com o lugar? 

Eu acho que de certa forma, Maps To The Stars dá um retrato muito severo de Hollywood e muitas pessoas acham que tem um lado negro, mas na maioria das vezes é divertido e é um ótimo lugar para trabalhar, eu acho. 

Qual é a sensação de estar aqui no Festival de Cannes com estes dois filmes? 

É incrível, a atmosfera é elétrica durante os Screenings. O público não tem medo de dizer se eles gostam ou não. Você pode se sentir bem nos primeiros 10 minutos. Isso parece uma coisa assustadora, mas no entanto emocionante.

Compartilhar:
← Anterior Proxima → Home

0 comentários:

Post a Comment

Forever

É difícil às vezes olhar para trás e ver quanto tempo passou. As amizades conquistadas e algumas perdidas no caminho. A maturidade que inevitável atinge nossas vidas e altera nossos rumos. Aquilo que nos atingiu não podemos mudar, apenas aproveitar para encher nossa história de belos momentos vividos e aprendidos.
Twilight Moms Brasil é parte de mim e espero que seja de você também, Forever.

Twilight Moms Indica

TWIMOMS BRASIL INDICA: "PROCURA-SE UM MARIDO" DE CARINA RISSI

Uma joia deliciosa de se ler, fluente e brilhante que prende você do inicio ao fim. Desde seu lançamento, fiquei muito curiosa para le...