NOVA ENTREVISTA DE TAYLOR PARA “THE DAILY TRIBUNE PHILIPPINE”

Taylor Lautner abriu seu coração falando algumas coisas que o incomoda, sobre tirar a camisa, declarou seu amor a Jacob, aos esportes, a atuação e sobre sua gratidão a Stephenie Meyer. Taylor fala sobre um pouco de tudo nesse mega artigos com declarações do Taylor em entrevista na Conferência da Bench em 16 de agosto, 2013. Confiram:





Admitam, fãs de “Team Jacob”, vocês não se apaixonaram primeiro pelo Jacob Black, por causa de seu abdômen?

Mesmo o apresentador Sam Oh, que entrevistou Taylor durante a visita do ator de Hollywood à Manila na última semana, acredita que o abdômen do ator teve muito haver com o sucesso de Crepúsculo. Mas, contudo, seu famoso bíceps em gominhos tem feito dele um ícone sexual, Taylor, na realidade, prefere o físico delgado de Edward.

"Este é o meu estado mais natural e confortável", o astro disse à imprensa, referindo-se ao seu corpo esbelto, exibido em outdoors e anúncios de roupas de propriedade da marca Filipina Bench, da qual ele está entre os mais recentes endossantes ao lado do homem de frente da banda Maroon 5 Adam Levine, que tem sido seu amigo desde que ele tinha 10 anos.

Ganhar 14 quilos de puro músculo foi apenas para a segunda parte de Crepúsculo, Lua Nova, foi difícil, revelou.

"Foi muito difícil, especialmente porque eu era jovem naquele tempo", confessou.

"Eu tinha 16 ou 17 anos por isso foi muito difícil de desenvolver (músculos)... Eu estava na academia, todo o tempo, meu metabolismo funciona muito rápido e eu não conseguia suar muito, então eu não podia jogar qualquer um dos meus esportes favoritos, o que era uma tortura para mim. Eu apenas tinha que me sentar na academia, levantar pesos pesados ​​e comer alimentos saudáveis, sem parar. Eu tinha que consumir tantas calorias, que era ridículo... Mas não como sorvete e pizza e cheeseburger. (Mas) saudável como carnes muito magras e saudáveis, 4.500 calorias por dia, no mínimo. Quero dizer, foi difícil. "

Mais do que tudo, ele ama Jacob como uma pessoa. "Eu acho que ele é um grande cara. Ele mantém tanto para a série, quer dizer, todas essas características. Sua lealdade constante. Tudo sobre ele só faz você se apaixonar por ele. Eu amo Jacob e o que isso trouxe para minha vida pessoal. Eu amo fazer esses filmes e eu fiz tantas amizades incríveis durante esses anos da minha vida fazendo os filmes. As memórias de Jacob e da franquia vão ficar comigo para sempre. ".

Em vez de tomar crédito, ele atribuiu o sucesso de Crepúsculo a sua autora, Stephanie Meyer.

"É alguma coisa daqueles livros, porque isso é algo que os fãs se apaixonaram. Eles se apaixonaram pelos livros, e eles se apaixonaram pelos personagens que Stephanie Meyer criou. Tudo o que fizemos foi trazer essas palavras a partir de uma página para uma tela... Stephanie Meyer é um gênio. Ela sabe como fazer um livro surpreendente e muito atraente, criar personagens relacionáveis... A maior parte do crédito vai para ela e os livros".

Passaram-se cinco anos desde que o primeiro filme de Crepúsculo saiu, mas ele não se importa se os fãs ainda o chamam Jacob. "Sim, por que não? Eu amo Jacob, e essa franquia significa muito para mim. Fizemos esses filmes para os fãs e somente para os fãs, então sim, é ótimo. Eu adoro quando me chamam de Jacob.”

Além de dar-lhe uma chance de mostrar seus talentos, ele disse que a série abriu as portas para ele. "Felizmente, a franquia de Crepúsculo nos deu a oportunidade de sair e fazer outras coisas. Eu não poderia estar mais agradecido pela franquia por causa disso. Eu sou um ator e eu quero desempenham muitos papéis diferentes. Tanto quanto eu amo Jacob, eu quero continuar a crescer e desafiar-me a uma grande variedade de papéis e me tornar um ator melhor. E isso é exatamente o que a franquia me deu - a oportunidade de crescer e fazer melhor”.

Tanta coisa aconteceu desde que ele apareceu pela primeira vez em Crepúsculo. "É difícil de acreditar, às vezes," compartilhou ele.

A vida depois de Crepúsculo:

Depois da saga, Taylor atuou em outros filmes, como “Sem saída” e “Idas e vindas do amor”. Em 2010, ele foi eleito o segundo dentre 50 da revista Glamour como "homens mais sexy"; quarto em "o corpo mais surpreendentes”, e o "mais bem pago" ator adolescente em Hollywood. Agora, o campeão faixa preta de karatê de Michigan se sente bem e tão cheio de energia como sempre.

"Às vezes, sinto-me com 21, e, às vezes, eu não sei quantos anos eu tenho... Eu estou tão agradecido, porque eu aprendi muito e eu já passei por tanta coisa com 21 anos. Se você tivesse me perguntado se eu pensei que eu estaria aqui hoje quando eu tinha 16, 17 anos, eu diria: 'Absolutamente não. Você está louco! "Mas eu sou muito abençoado. Eu não posso acreditar que eu posso fazer o que eu amo fazer. Tem sido tão incrível nos últimos anos, e eu estou tão espantado."

Ele finalizou seu mais recente projeto, Tracers, onde ele interpreta um mensageiro de bicicleta, em Nova Iorque procurado pela máfia. "Tracers foi algo completamente diferente para mim depois da franquia Crepúsculo, e no próximo, estou procurando por algo novo também mais a frente."

Ele disse que seu personagem, Cam, começa no filme como um mensageiro de bicicleta tentando pagar algumas dívidas grave que ele encontrou-se dentro Perto do início do filme, durante um mensageiro de bicicleta, ele se depara com uma garota, Nikki que o introduz ao parkour.
"Meu personagem é muito solitário. Sua bicicleta, ele e vida agora. É ambientado no mundo de parkour, que é um mundo muito, muito legal por si só.”

Assim como em Crepúsculo e o novo comercial da marca Bench, ele teve que fazer manobras perigosas para Tracers, incluindo aprender parkour.

"Parkour é incrível", disse ele. "Se você perguntar a um artista de parkour, eles veem isso como uma forma de arte. É muito mais complicado do que apenas correr e pular o muro ou edifício... Foi necessário muito treinamento para se certificarem de que eu praticamente tinha que fazer tudo. Eles queriam me fazer sentir tão real e autêntico possível. Eles queriam que eu fizesse tudo, então eu tinha que ter certeza que eu sabia o que eu estava fazendo”.

Mas ao contrário de Crepúsculo, ele não foi obrigado a ganhar massa muscular para Tracers. "Sim, eu quero encontrar tempo para ir á academia e ganhar massa muscular. Eu não tenho mais tanta necessidade disso de quando eu tinha para a franquia Crepúsculo”.

“Mas, novamente, eu estou tentando manter uma dieta saudável um pouco e eu meio que trapaceio de vez em quando”. Aprender parkour, ele acredita, que se encaixa perfeitamente no seu estilo de vida ativo.

"Eu amo permanecer ativo. Isso não tem que ser um treino muito específico, exato... Eu adoro praticar esportes... Eu sou um grande fã de futebol. Eu sou um fã de esportes em geral, eu amo todos os esportes. Você pode me ver com alguns amigos, nos reunimos e jogamos qualquer esporte por horas. Isso ocupa a maior parte da minha atividade”.

Uma vez que ele é dinâmico, seu estilo pessoal é tudo sobre conforto.

"Em primeiro lugar, o conforto é muito importante para mim", ele divulgou. "E eu sou simples. Eu gosto do simples. Tenho uma calça jeans e uma camiseta de cara, então o que eu amo nas calças jeans da Bench é que são realmente confortáveis​​, as camisetas de gola “v” são simples. Mas existem outras coisas. Este casaco, por exemplo. O que eu amo na Bench é que você pode vestir por cima ou por baixo, a mesma roupa... Eu posso aparecer com algo e esta jaqueta e eu posso fazê-lo parecer muito chique e bacana, ou eu só posso usá-lo por cima e ficar legal e descontraído.”

Para o comercial, dirigido por um bom amigo, Anthony Mandler, a sessão levou 12 horas, mas ele ficou à vontade com as roupas de Bench.

"Eu tenho que fazer um monte de atividade na área comercial e algo que eu amo sobre Bench são as roupas que são super confortáveis​​. Você pode fazer tudo com elas. O importante para qualquer coisa que eu uso é que seja super confortável. Se não é confortável, eu não vou usá-la. Então, eu fui capaz de fazer tudo isso com aquelas roupas, e então eu estava vendendo uma coisa que é boa".

Neste momento, ele está focado neste endosso, disse ele. Mas quando ele voltar para sua cidade natal, Los Angeles, onde o comercial foi filmado, ele pode começar a pensar em filmar um novo projeto que vem em setembro ou outubro.

"Eu acredito que você nunca pode parar de aprender e se especializar", disse ele entusiasmado. "Então, eu amo me desafiar a fazer coisas diferentes."

Segundo ele, a Filipinas é linda, e seu povo maravilhoso e educado, e muito simpático. "E pelo que eu vi até agora, eles são. É por isso que estou tão animado em estar aqui”, disse ele.


VIA

No comments :

Post a Comment