CATHERINE HARDWICKE DIZ QUE CONSIDERA TWILIGHT UM FILME INDIE.


Catherine Hardwicke concedeu uma entrevista à IndiWire e falou sobre seu novo filme, Plush, e comentou sobre porquê pensa que Twilight é um filme indie, além de comentar sobre Cam Gigandet, que trabalhou com ela na saga e agora em Plush.
P: Eu tenho certeza de que você ouve essa pergunta constantemente, mas você pode dizer como tem sido a maioria de sua experiência pós Twilight? Pessoalmente eu acho que seus filmes se diferenciam dos demais de um modo muito peculiar, mas desde que a saga ficou tão enorme, e ao mesmo tempo sagrada para os fãs e um alvo fácil para os críticos, como você se sente sobre isso agora?

R: Para mim, eu devo dizer que, de uma certa maneira, eu tive sorte. Porque no meu “Twilight” eu não tinha o nível de expectativa que nenhum dos outros teve. Ninguém, nem mesmo na noite anterior à estreia, jamais esperou que chegasse a 400 milhões. [Risos] Ou 69 milhões no final de semana de estreia. Isso meio que embasbacou a todos. Então eu não estava sob toda essa pressão e escrutínio. Eu tive a chance de fazer o meu “Twilight” mais como um filme indie, de certa forma. Eu realmente podia sentir os personagens. E naquela época, eu acho que Stephenie estava ocupada escrevendo outros dois livros – o último Twilight e A Hospedeira – e promovendo o terceiro livro de Twilight. Então ela nem podia estar muito presente. E eu acho que depois a pressão ficou muito maior, de todos os ângulos, para os outros diretores, e eles tiveram menos chances de fazer os filmes como eles queriam, tão pessoais como o meu filme pôde ser. E eu sempre gostei mais do primeiro livro, de qualquer maneira. Simplesmente foi a ideia mais pura, fresca e impulsiva dela.
Há essa paixão louca, estonteante e sem noção, e foi esse sentimento que me atraiu. Eu queria saber se conseguiria traduzir o que as pessoas estavam sentindo quando eles leram os livros, toda essa coisa estonteante, louca e apaixonante. Para mim, isso se transformou em algo escandaloso por si só.
P: E você tem seu astro de Twilight, Cam Gigandet, de volta em “Plush”. Parabéns por você não ter contratado ele apenas para tirar a camisa. Ele tem sido rotulado como esse tipo de ator um pouco e este não é o caso aqui.
R: Sim, e uma coisa que é legal sobre o Cam é que desde que eu trabalhei com ele em Twilight ele tem uma filha. Na verdade ele tem duas crianças. Então ele realmente desenvolveu essa coisa de pai. Ele é um papai gatão e, obviamente incrível, mas ele também se torna muito emotivo e muito conectado com suas crianças. Então eu achei que ele era perfeito para o papel como a figura mais centrada que está tentando ser o mais compreensivo possível. Ele aguenta o máximo que consegue até que isso ultrapassa as fronteiras imagináveis.

No comments :

Post a Comment